COMO TIRAR O MAU CHEIRO DO IMPLANTE DENTÁRIO?

Como acontece na dentição natural, após a alimentação é comum continuar com resíduos de alimentos na boca e, é fundamental proceder com uma escovação adequada. Pacientes com implantes, a higienização deve ser ainda maior devido ao espaço que existe entre a gengiva e a prótese fixa. A frequência dos restos alimentares nesses espaços causa mau cheiro e possíveis inflamações, podendo evoluir para uma periimplantite, um tipo de inflamação capaz reabsorver o osso ao redor do implante, onde em alguns casos, seja necessário remover o implante e posteriormente fazer um novo.

Mesmo com todos os cuidados se o mau cheiro continuar, deve-se observar se o problema não é decorrente da adaptação inadequada da prótese e provocar acúmulo de bactérias e infiltração de alimentos. Logo se notar gosto ruim na boca, odor oriundo do local dos implantes, a principal recomendação é consultar o dentista.

Dicas:

  • A higienização da prótese deve ser realizada de forma semelhante à dos dentes naturais, com o uso de escova de cerdas macia e creme dental e, os pacientes de protocolo e overdenture podem usar escovas interdentais para a limpeza do espaço que existe entre a prótese e o implante.
  • O uso diário de fio dental (entre o implante a prótese para auxiliar na retirada do resto alimentar).
  • Limpeza e manutenção a cada 6 meses com um implantodontista é mais uma alternativa para eliminar o mau cheiro do implante dentário. Em consultório, o implantodontista, remove as próteses e higieniza as superfícies do implante verificando se há sangramento, inflamação ou bolsa periimplantar.

Compartilhe nas Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =